‘Doei Todo Meu Salário Pra Tentar Me Curar’, Diz Pastor

01 Mar 2019 17:56
Tags

Back to list of posts

<h1>O Que Fazer Pra Tomar Um Homem</h1>

<p>Nos &uacute;ltimos 4 meses, a rotina do cirurgi&atilde;o Euryclides de Jesus Zerbini, que permanecera inabal&aacute;vel por quase meio s&eacute;culo, sofreu uma mudan&ccedil;a. Antes, sustentado por um desjejum refor&ccedil;ado, ele entrava no hospital de manh&atilde; e s&oacute; &agrave; noite tirava o p&eacute; dali, contentando-se em comer um copo de suco e, &agrave;s vezes, uma fatia de queijo, no meio do expediente. J&aacute;, o mais famoso m&eacute;dico brasileiro em todo o mundo deixa o consult&oacute;rio, no segundo andar do Hospital da Benefic&ecirc;ncia Portuguesa, em S&atilde;o Paulo, pra almo&ccedil;ar em casa. Trata-se de ordem m&eacute;dica.</p>

<p>Na &uacute;ltima segunda-feira de Como Seduzir Um Homem , vinte e dois de fevereiro, doutor Zerbini foi operado para puxar um n&oacute;dulo do cerebelo, o &oacute;rg&atilde;o do sistema nervoso que controla, entre algumas coisas, o equil&iacute;brio. “H&aacute; tempos, eu notava uns n&oacute;dulos espalhados pelo corpo humano, mas atribu&iacute;a seu aparecimento a traumas dos jogos de t&ecirc;nis. Por fim, eu vivia batendo a raquete nas pernas”, diz ele. S&oacute; que, na verdade, o problema n&atilde;o tinha liga&ccedil;&atilde;o com as partidas semanais, disputadas todas as ter&ccedil;as-feiras, h&aacute; trinta e nove anos, no raiar do dia. O cirurgi&atilde;o tem, isso sim, uma doen&ccedil;a que provoca n&oacute;dulos indolores no trajeto dos nervos e justamente o do cerebelo foi inventar de amadurecer, at&eacute; prejudicar.</p>

<p>Deste jeito, Zerbini, que j&aacute; realizou por volta de 40 000 cirurgias do cora&ccedil;&atilde;o, enfrentou o bisturi na terceira vez pela exist&ecirc;ncia. “J&aacute; fui operado de apendicite e de um dificuldade pela bexiga. &Eacute; Normal Perceber Atra&ccedil;&atilde;o Por Outras Pessoas Mesmo Estando Comprometido n&atilde;o sofri em nenhuma dessas ocasi&otilde;es”, garante. Totalmente recuperado, o cirurgi&atilde;o voltou ao velho ritmo. Aos oitenta e um anos de idade, completados no dia sete de maio passado, Zerbini opera quatro vezes por dia, de segunda a sexta-feira.</p>

<p>E faz d&uacute;vida de esclarecer: s&oacute; teve tempo pra ceder entrevista e posar pra imagens pelo motivo de 2 pacientes orientaram dificuldades e as cirurgias foram adiadas. Verdadeiramente, a agenda do cirurgi&atilde;o ficou ainda mais apertada, por causa dos almo&ccedil;os caseiros. Em um dicion&aacute;rio ingl&ecirc;s-portugu&ecirc;s, Zerbini seria a melhor tradu&ccedil;&atilde;o pro termo workaholic (man&iacute;aco por servi&ccedil;o). Gra&ccedil;as ao teu empenho concentrado pela Medicina, ele foi um dos pioneiros nas cirurgias do cora&ccedil;&atilde;o, por todo o planeta.</p>

<p>”, retruca Zerbini, quando indagado a respeito do cap&iacute;tulo, sem erguer os olhos, ocupados com alguns pap&eacute;is. A rea&ccedil;&atilde;o &eacute; no melhor modo zerbiniano — o aparente insuficiente caso em rela&ccedil;&atilde;o a cada desvio do cen&aacute;rio cirurgia. “Nunca dei a menor bola pro que os pol&iacute;ticos achavam”, Ser&aacute; Que Voc&ecirc; &eacute; Piriguete? , em tom de quem deseja encerrar a conversa. “Eu s&oacute; queria fazer Medicina, a melhor Medicina poss&iacute;vel.”E refletir que, guri, Zerbini jamais sonhou em ser m&eacute;dico. Ele era o ca&ccedil;ula dos 6 filhos de um casal de imigrantes italianos que se conheceu no Brasil — dona Ernestina e senhor Eug&ecirc;nio, um professor da Institui&ccedil;&atilde;o Normal.</p>
<ul>
<li>&quot;On The Mississipi&quot; Claude Bolling 03:00</li>
<li>51 Ana Abbott</li>
<li>Video - Gravidade dos Emoticons</li>
<li>65 &quot;Penhasco&quot; J.J. Philbin Michael Lange dois de Fevereiro, 2006 14</li>
<li>10 - O Mentiroso</li>
<li>25/07/2008 - 18h26 - O Que Rola</li>
<li>onze &quot;Segunda M&atilde;o&quot; vinte e dois de julho de 2013 112</li>
<li>dois 2- Seduza</li>
</ul>

<p>Nasceu prematuro em Guaratinguet&aacute;, no interior de S&atilde;o Paulo, em uma casa modesta que, h&aacute; alguns anos, foi demolida para dar recinto &agrave; atual esta&ccedil;&atilde;o rodovi&aacute;ria da cidade. “Como era franzino, minha m&atilde;e me deu uma overdose de feij&atilde;o pela inf&acirc;ncia”, recorda. “Ela tinha um g&ecirc;nio potente e obrigava meu pai a controlar os estudos dos filhos.” Esse, por tua vez, n&atilde;o perdoava: nenhum dos Zerbini podia permanecer em segundo lugar na classe.</p>

<p>“E, efetivamente, todos tiravam as melhores notas da turma.” Aos dezessete anos, o jovem Euryclides assustou o pai: “Ele estranhou que eu n&atilde;o falasse a respeito de uma carreira”, conta o cirurgi&atilde;o, risonho. ”Ent&atilde;o, chamou-me para um bate-papo. Perguntou sobre a minha voca&ccedil;&atilde;o e eu, com a maior calma, respondi que n&atilde;o tinha voca&ccedil;&atilde;o alguma.” Da&iacute; o pai, conforme a mem&oacute;ria do filho, co&ccedil;ou a cabe&ccedil;a, matutou alguns segundos e aconselhou a Medicina.</p>

<p>“Eu teria aceitado qualquer id&eacute;ia. Naquele tempo, no ano de 1929, neste instante era dific&iacute;limo atingir uma vaga pra ser m&eacute;dico. Havia menos candidatos do que nos dias de hoje, &eacute; verdade, todavia a universidade de Medicina do Estado era a &uacute;nica de todo o S&atilde;o Paulo. S&oacute; aceitava cinq&uuml;enta pessoas por ano e Zerbini passou em d&eacute;cimo ambiente, nos exames de avalia&ccedil;&atilde;o. Em sua turma existia somente uma mulher — no fim de contas, pela data, as m&eacute;dicas eram exemplares raros. “No come&ccedil;o do curso, a minha adapta&ccedil;&atilde;o foi p&eacute;ssima”, revela Zerbini.</p>

<p>A mat&eacute;ria que lhe agradava mais — ou, melhor, a que lhe desagradava menos — era Anatomia. Pensando Em Surpreender O Teu Amor Que Mora Long&iacute;nquo? , o estudante resolveu observar a uma opera&ccedil;&atilde;o para visualizar se, finalmente, se entusiasmava pelos estudos. Quem imagina que ele saiu do centro cir&uacute;rgico como quem encontrou a sua t&atilde;o perseguida voca&ccedil;&atilde;o, se engana.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License